Buscar
  • 300inteligencia

Perdas auditivas - tipos, causas e tratamentos

Atualizado: 17 de dez. de 2021

As perdas auditivas são diagnosticadas através do exame de audiometria que é um exame que depende da resposta do individuo e calcula o limar de audibilidade das frequências graves, médias e agudas. A partir deste exame conseguimos identificar se uma perda auditiva é neurossensorial, ou seja, acontece a passagem do som pelo meio auditivo até o cérebro. É comum em casos de traumas acústicos, trabalhos com muito ruído, envelhecimento, algumas infecções virais como sarampo e alguns medicamentos; ou se é condutiva, ou seja, há um bloqueio na passagem do som no ouvido interno como rolhas de cerume, ou alguns acontecimentos no tímpano como perfuração ou quadros recorrentes de otite ( infecção ) ou se é mista, a junção das duas descritas acima.



O exame também define o grau de perda auditiva que pode variar de normal (0 a 25 dB), leve (26 a 40 dB), moderado (41 a 70 dB), severa (71 a 90 dB) e profunda (acima de 91 dB) e se uma ou mais frequências estão comprometidos.


Portanto, é a partir de um exame audiométrico bem feito que podemos começar a pensar em qual aparelho auditivo será melhor, levando em consideração também os fatores sociais, emocionais e econômicos.







5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo